Projetos

Malvadeza

Colégio Municipal Engenho da Praia
Macaé - RJ

Marcelo dos Santos Maciel

  • Kauã dos Santos Ferreira
  • Marlley Gonzaga Silva Chaves
  • João carlos
  • Maria Eduarda

Muito do seu lixo sobreviverá muito mais tempo que você. Não sabia? E agora vai fazer o quê?
O brasileiro gera em média 2 kg de lixo por dia, sendo a maior parte dele composto da fração orgânica. Boa parte dele poderia gerar biogás como energia e adubo por intermédio do processo de compostagem. O destino inadequado do lixo representa um desperdício de água, energia, matéria prima, recursos naturais, além da geração de significativos impactos ambientais para os ecossistemas e extinção de espécies. Muito do lixo inorgânico que geramos demoram mais tempo para se decompor na natureza do que nossa própria existência, como: metal, mais de 100 anos; alumínio mais de 200 anos; isopor, plástico, máscara mais de 400 anos; vidro mais de 1000 anos; e borracha, tempo indeterminado. Muito da composição desse lixo descartado irresponsavelmente, principalmente associado ao lixo eletrônico, apresenta ainda substâncias tóxicas que contaminam solo, água e ar. Nesta concepção, esse grupo de estudante pretende conscientizar a comunidade escolar através de uma exposição de arte de quadros com o lixo coletado (10 itens por quadro) nas ruas do bairro da escola e praia próxima, informando o tempo de decomposição. Para isso foi praticada a coleta seletiva, com seleção dos resíduos. Essa exposição foi feita na arquibancada da quadra do Colégio Municipal Engenho da Praia no município de Macaé-RJ, com a participação de outros estudantes que se motivaram em participar desse evento. As fotos registraram todos esses quadros lindos, criativos, informativos, com diversidade de itens, e foram exibidos em massa para educar a comunidade escolar. A conscientização sobre o lixo gerado, perigos associados ao seu descarte insustentável (doenças, inundações e poluição), ocorrência de lixões irregulares em terrenos baldios, prática dos 5 R’s (repensar, recusar, reduzir, reciclar e reutilização) e o reconhecimento do não cumprimento da política nacional de resíduos sólidos em nossa cidade começa na escola.

Utilizamos cookies e outras tecnologias para lhe oferecer uma experiência de navegação melhor, analisar o tráfego do site e personalizar o conteúdo, de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.