Projetos

Mirante do Serrano

Colégio Vitorino
Crato - CE

Marcos Italo Vitorino Pereira

  • Pedro victor Alves Saldanha
  • leonardo oliveira xenofonte
  • Tamirys Leandro da Silva
  • Letícia Araújo Souza de Brito
  • Julia Peixoto Bastos

INSETICIDA NATURAL
O mosquito Aedes Aegypti é um inseto que assim como de qualquer espécie, alimenta-se exclusivamente de frutas. A fêmea, no entanto, necessita de sangue para o amadurecimento dos ovos que são depositados separadamente nas paredes internas dos objetos, próximos a superfícies de água limpa, local que lhes oferece melhores condições de sobrevivência. No momento da postura são brancos, mas logo se tornam negros e brilhantes. Responsável pela transmissão de doenças como dengue, Zika vírus e Chikungunya, e em alguns casos febre amarela. Por conta disso, é muito comum que a população utilize inseticidas e produtos químicos para inibir a proliferação de insetos e cobatê-los. Porém é evidente que o uso excessivo destes produtos tem causado impactos em nosso ambiente. Dessa forma, pensando em uma medida natural, de fácil acesso e baixo custo, nós alunos do Colégio Vitorino da equipe Mirante do Serrano desenvolvemos uma ação que consiste na análise do efeito do extrato aquoso da Azadirachta Indica como inibidor do crescimento das larvas do Aedes Aegypti. Para realizar o extrato foi feito a coleta de folhas de árvores nas proximidades da escola, aproximadamente 100g, em seguida maceramos e as colocamos em um recipiente contendo 200ml de água fervente e deixamos descansar durante dois dias. Para obtenção das larvas, deixamos um recipiente com água limpa em um ambiente reservado, após aproximadamente dez dias, notamos que ocorreu a deposição de ovos. Depois de um intervalo de horas, observou-se que os ovos tinham eclodido e se transformado em larvas. Para realizar os testes, colocamos essas larvas em dois recipientes contendo o extrato aquoso do Nim num período de 72 horas. Após todo esse processo, podemos concluir que a Azadirachta Indica possui um efeito inibitório no desenvolvimento da fase larval do Aedes Aegypti . Dessa forma, esta espécie de vegetal se mostra como uma opção sustentável e ecológica contra esse tipo de e ecológica contra esse tipo de inseto.

Utilizamos cookies e outras tecnologias para lhe oferecer uma experiência de navegação melhor, analisar o tráfego do site e personalizar o conteúdo, de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.