Povos originários e tradicionais

Foto: Shutterstock

A emergência climática é consequência do modelo de desenvolvimento adotado pelas sociedades industriais e urbanizadas que se projetou por todo o mundo a partir dos processos históricos de expansão colonial, territorial e econômica europeia iniciada no século XIV. Esses processos aceleraram-se ainda mais nos séculos XIX e XX, quando pela primeira vez na história a população urbana superou a rural.

Diferentemente dos valores associados a essa expansão e à mentalidade urbana capitalista, para os indígenas a lógica da vida e sua economia depende não apenas da sociabilidade humana, das técnicas e da acumulação de riqueza baseada na exploração cíclica dos recursos naturais. A economia das sociedades indígenas inclui todos os seres vivos e as outras partes da natureza. É evidente para eles a interdependência dos seres e a necessidade de conservar as interrelações entre todos os componentes de um ambiente para assegurar o sustento material, a saúde e bem-estar físico, social e espiritual de suas comunidades e a vida no planeta.  

A Restaura Natureza pretende dar visibilidade e valorizar a cosmovisão e a sociabilidade dos povos originários e comunidades tradicionais. Além dos indígenas, estamos falando de quilombolas, caiçaras e ribeirinhos. Destacamos como esses modos de vida contribuem na conservação das florestas e demais ecossistemas. 

A pesquisa busca inspirar nossas reflexões sobre sustentabilidade e traz evidências sobre a importância dos conhecimentos desses povos para os processos de conservação e exploração sustentável dos recursos naturais. É preciso ampliar a visibilidade de suas lutas e de suas lideranças. A Restaura Natureza se ampara em preceitos estabelecidos na Base Nacional Curricular Comum e nos  Objetivos de Desenvolvimento Sustentável  para destacar a importância dos povos indígenas e de suas terras indígenas nos esforços pela conservação. Defender e garantir os direitos territoriais desses povos é imprescindível para a conservação.

Somos Amazônia – Pedro e Raimundo (Seringueiros)

https://www.youtube.com/watch?v=MJvE6TMx4Lw

Somos Amazônia – Carlos Koch

Guardiões do Cerrado – Quilombolas

Sobre a Rede de Sementes do Xingu

Acesse aqui os Planos de
Ação relacionados ao tema:

REALIZE O SEU LOGIN PARA RESPONDER O QUIZ E PONTUAR

Povos originários e tradicionais

Compartilhe

Deixe sua sugestão




    Utilizamos cookies e outras tecnologias para lhe oferecer uma experiência de navegação melhor, analisar o tráfego do site e personalizar o conteúdo, de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.